No dia 2 de julho de 1983 na cidade de Caratinga, estado de Minas Gerais, no Salão de Festa do Hotel Caratinga Ltda alguns produtores de café da cidade se reuniram com o propósito de fundar uma Cooperativa de Crédito Rural, nos termos da legislação vigente.


O Sr. Coordenador José Pereira Pessoa, explicou aos produtores rurais os objetivos da reunião e justificou a importância do Cooperativismo de Crédito Rural. Foi elaborada uma eleição das chapas para os membros do Conselho de Administração e Conselho Fiscal. Apurou-se o seguinte: para Diretor Presidente - José Pereira Pessoa; Vice-Presidente - Joao Margarida Domingues; Diretor Gerente – Kleber Luiz da Silva; Diretor Administrativo – José Irineu da Silva; Diretor de Crédito Rural – Paulo Sergio da Silveira; Diretor Financeiro – Gabriel Amaral Toledo. Para membros efetivo do Conselho Fiscal os senhores: José Mendes de Aquino, Joaquim Marques Neto e Namur Augusto Genelhu e para suplentes do Conselho Fiscal os senhores: Ricardo Santos, Jubert de Oliveira Gomes e Rubem Condé.


O Diretor Presidente declarou então constituída a Cooperativa de Crédito dos Produtores Rurais da Região de Caratinga Ltda, que usara a sigla de CREDCOOPER.

 

Durante o primeiro período de gestão, todos os membros do Conselho de Administração e Fiscal renunciaram a qualquer tipo de salário ou remuneração por serviços prestados.
A CREDCOOPER foi autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil, no ano de 1984. Seu objetivo principal era fornecer o apoio creditício aos associados da COPERCANA, liquidada em 1986.


Com a liquidação da COPERCANA, a CREDCOOPER ficou inativa até o ano de 1992, mais precisamente, no mês de fevereiro, quando por iniciativa da COPERCAFE foi reativada com o objetivo de estabelecer uma nova opção aos cafeicultores de obter o Crédito Rural, só que desta vez, com seus próprios recursos.


O Capital Social inicial era de apenas R$0,02 (dois centavos), mas com associação em massa de associados da COPERCAFE, a chamada dos antigos associados e adesão de novos associados, hoje o SICOOB CREDCOOPER conta com um Patrimônio Líquido de R$ 24.000.000,00 (vinte e quatro milhões de reais) aproximadamente, estando entre as maiores Cooperativas de Crédito do Estado de Minas.


Em 18/12/2001 a Cooperativa de Crédito dos Produtores Rurais da Região de Caratinga Ltda se associou ao Sicoob Central Crediminas, alterando sua sigla para SICOOB CREDCOOPER.

O SICOOB CREDCOOPER através dos seus próprios recursos e com recursos repassados através de convenio com a CREDIMINAS, BANCOOB, FUNCAFE, etc, atende seus associados micro, pequenos e médios produtores, na área de café como também de outras atividades rurais.

O processo de conversão a Livre Admissão deu-se em razão da necessidade percebida de expansão de suas atividades. Em 01/06/2008 o SICOOB CREDCOOPER obteve livre admissão, alterando a razão social para Cooperativa de Crédito da Região de Caratinga Ltda- Sicoob Credcooper, sendo uma cooperativa de crédito sem segmentação do seu quadro social, podendo ter como associado pessoas de qualquer segmento socioeconômico: indústria, comércio, profissionais liberais, aposentados, donas de casa e até estudantes.


Além disso, atualmente, a cooperativa conta com 10 agencias, distribuídas nas cidades de Caratinga, Inhapim, Piedade de Caratinga, Santa Bárbara do Leste, Santa Rita de Minas, Sao Domingos das Dores, Sao Sebastiao do Anta, Ubaporanga, Vargem Alegre e Imbé de Minas, muitas das quais não possuem sequer outra instituição financeira, o que maximiza as oportunidades potenciais nesses mercados. 


Além disso, atualmente, a cooperativa conta com 10 agencias, distribuídas nas cidades de Caratinga, Inhapim, Piedade de Caratinga, Santa Bárbara do Leste, Santa Rita de Minas, Sao Domingos das Dores, Sao Sebastiao do Anta, Ubaporanga, Vargem Alegre e Imbé de Minas, muitas das quais não possuem sequer outra instituição financeira, o que maximiza as oportunidades potenciais nesses mercados. 

 

Planejamento Estratégico: