Movimento Coopeducação – Propicia a educadores e educandos momentos de reflexão acerca do exercício da visão empreendedora balizada por princípios cooperativistas e consciência financeira. Por meio do Movimento, a Saromcredi já formou mais de 1700 educadores, beneficiando ao ano cerca de 18 mil alunos do ensino básico em 62 escolas parceiras presentes em 9 municípios. Dessa maneira, são milhares de vidas que tiveram e continuam a ter espaços para refletir sobre seus planos futuros e acreditar que podem torná-los realidade.

 

     SAROMTECH - Desde março de 2020, os mais 18 mil estudantes contemplados pela educação cooperativista, empreendedora e financeira deixaram de frequentar as atividades presenciais nas escolas parceiras da- Saromcredi em decorrência da COVID-19. Com isso, as instituições de ensino do século XXI têm sido provocadas de forma exponencial a redesenhar seus espaços de aprendizagem, bem como, ressignificar o processo de educação.

     Entretanto, a migração repentina dessas comunidades escolares para o universo digital despontou uma série de desafios, fazendo com que os educadores adotassem soluções digitais. A partir dessa demanda, a Saromcredi uniu-se a eles na busca da instrumentalização para uma educação mais disruptiva.

      Em junho de 2020, a Saromcredi iniciou o SaromTech, um programa de formação digital gratuito voltado para que os educadores conhecessem e utilizassem ferramentas digitais para a promoção de aulas remotas que pudessem despertar o engajamento de alunos, não permitindo que estes se distanciassem de suas escolas e o mais importante, não se esquecessem de suas ambições por uma vida digna e de equidade. A formação digital alcançou 1.800 educadores distribuídos em 14 municípios, impactando indiretamente em média 54mil educandos oportunizados por aulas mais tecnológicas e dinâmicas em consonância com o cenário e tendências educacionais para a formação das novas gerações.

 

    SAROMFLOW - A partir do desenvolvimento do SaromTech, foi possível identificar o quanto os participantes (educadores) estavam aflitos com o momento e ainda além, conflituosos com suas experiências, vivências, suas histórias. Claramente, antes de educadores, estes profissionais são seres humanos, carentes de atenção e afeto que se dedicam na formação de futuras lideranças e influenciam diretamente no processo de ensino-aprendizagem de seus inspirados, os alunos.

      Neste contexto e com o objetivo de assegurar a sustentabilidade da Cooperativa de Crédito, compreendendo que isso se dará somente por meio da promoção da qualidade de vida e relacionamentos saudáveis entre pessoas, surgiu o SaromFlow. Esta imersão provoca aos docentes mergulhar em si, identificar e rastrear seus padrões negativos adotados em função de frustrações e aderir um olhar de compaixão à suas experiências. O SaromFlow atendeu 216 professores em 3 municípios que olharam para suas histórias e permitiram o autoperdão e exercício de empatia em suas relações profissionais, pessoais e com seus alunos. Desempenhando um processo de aprendizagem mais humano e empático, os discentes tem maiores chances de solidificar suas relações tornando-as mais confiantes, éticas e afetuosas.


     QUALIFICAÇÃO DO QUEIJO CANASTRA - Com o apoio e fomento da Saromcredi, os produtores da Associação do Queijo da Serra da Canastra (APROCAN) hoje, além de marca própria, têm base legal para produzir queijo à base leite cru, podendo ainda agregar valor ao seu produto. Consequentemente, a vida de muitos está se transformando. O setor no ano de 2020 gerou uma receita de R$ 28 milhões, com média de R$ 457 mil/produtor. Com o aumento de renda, foram gerados 250 empregos diretos nos municípios participantes e maior dignidade para a agricultura familiar.

 

 

      PRODUTORES DE LEITE - Em parceria com a FAEMG, Sindicatos Rurais e a Saromcredi, em 2010 foi concebido o Programa Balde Cheio com foco no produtor rural, para aumentar a produtividade do gado e organização da gestão no campo.

      O Balde Cheio é uma metodologia de transferência de tecnologia que capacita profissionais da assistência técnica, impactando na eficiência, qualidade e produtividade da bovinocultura de leite brasileira. O Programa executado em São Roque de Minas e Pratinha, objetiva aumentar a produtividade e a eficiência dos sistemas de produção, visando o incremento de renda da propriedade de forma sustentável.

      Resultado de um processo de evolução de 10 anos, a produção de leite em São Roque de Minas, por exemplo, atingiu mais de 36,5 milhões de litros no último ano, gerando uma receita bruta superior a R$ 47 milhões, e a geração de empregos fixos e temporários ligados a produção, limpeza das pastagens, construção e manutenção de benfeitorias.

 

     PRODUTORES DE CAFÉ - Com o apoio e fomento da Saromcredi, incentivada por um propósito de organizar a cadeia produtiva e agregar valor ao produto, foi fundada a Associação dos Produtores de Café da Serra da Canastra, beneficiando os produtores da região e, consequentemente, o desenvolvimento econômico das comunidades. Das atividades agropecuárias, o cultivo de café é uma das que  mais contribui para o enriquecimento da economia, o qual vem crescendo ao longo dos anos.

      A Saromcredi, objetiva contribuir ainda mais com o setor considerando o potencial evidente em São Roque de Minas e região, com linhas de crédito especiais e opção de venda futura possibilitando aos produtores processos geradores de valor, em que o foco deixa de ser apenas na quantidade, e sim, na qualidade.

 

     SETOR MOVELEIRO - Ciente de seu papel como agente de desenvolvimento local, a Saromcredi também é parceira da Associação Comercial e Industrial de Móveis Rústicos (ACIMOV) instalada na cidade de Passos.

      Neste município, o setor moveleiro é um dos que mais crescem, sendo um dos maiores geradores de emprego e renda local. Os itens produzidos são comercializados não somente no Brasil, mas também na África e Europa. Segundo dados da FIEMG (2021), o setor é composto por mais de 120 empresas, fomentando cerca de 3 mil empregos diretos, o que corresponde a 13% dos empregos com carteira assinada da indústria local.

 

     DOAÇÕES – Do início da Pandemia até o momento a cooperativa já investiu mais de R$ 600 mil na compra de equipamentos e materiais hospitalares. a Saromcredi realizou doações para: Santa Casa de Passos, Policlínica de Medeiros, Secretaria Municipal de Saúde de Senador José Bento, Hospital Santa Marta de São Roque de Minas, UBS 24h de Pratinha, Hospital Municipal e Pronto Socorro de Cássia, Hospital Municipal de Delfinópolis, Secretaria Municipal de Saúde de Vargem Bonita e Santa Casa de Piumhi (que realiza atendimento aos cooperados de São Roque de Minas e Vargem Bonita).