Sobre o Sicoob Meridional

A cooperativa de crédito Sicoob Meridional nasceu a partir do anseio dos empresários na busca de soluções eficazes e alternativas para os assuntos financeiros como forma de estabelecer uma concorrência saudável e de resultados para as comunidades, evitando assim o dreno financeiro.

O debate começou na Associação Comercial e Industrial de Toledo (ACIT), então sob a presidência de Valter Scarpin e Augusto Jose Sperotto na vice-presidência e com a participação do então presidente da CACIOPAR Antonio Aparecido Lange, que foi o primeiro diretor presidente do Sicoob Meridional. A cooperativa foi fundada em 17 de julho de 2002, com 26 cooperados que integralizavam quinhentos reais cada um, totalizando R$ 13.000,00 em capital social. A inauguração oficial, com a abertura da primeira agência, ocorreu dia 03 de fevereiro de 2003, com 05 funcionários.

Em 2004 o Sicoob Meridional atingia o sócio número mil. Já em 2005, outra meta era alcançada: 1,5 milhão em conta capital. Em 2008 já eram 2.800 cooperados, 3,5 milhões de reais em capital e o Sicoob Meridional inaugurou a sua segunda agência, na Av. Parigot de Souza, no bairro Jardim Porto Alegre em Toledo. Em 2009 o Sicoob Meridional transformou-se em cooperativa de Livre Admissão. Já eram mais de 3.200 cooperados e o Sicoob Meridional já administrava mais de 40 milhões de reais. Neste ano, aconteceu a inauguração da terceira agência na cidade de Vera Cruz do Oeste.

Em 2010, o Sicoob Meridional chegou na cidade de Terra Roxa com a inauguração da quarta agência, já com mais de 4.200 cooperados. No ano de 2012 foi inaugurada a quinta, sexta e sétima agências nas cidades de Guaíra, Santa Helena e Palotina, respectivamente. Em 2013, o Sicoob Meridional aproximou-se mais dos cooperados na cidade de Toledo inaugurando sua oitava, nona e décima agência nos bairros Grande Pioneiro, Jardim Panorama e Jardim Bressan.

Em 2014 o Sicoob Meridional inaugurou sua décima primeira e décima segunda agência nos bairros Coopagro e Centro, ambas na cidade de Toledo, tornando-se a maior rede de agências da cidade, com seis agências ao todo. O destaque deste ano foi o pioneirismo, com a abertura da primeira agência CABAL do Brasil, voltada exclusivamente para comercialização de cartões da família CABAL, com foco no cartão de crédito NossoCard CABAL. O ponto alto da agência CABAL é a inovação com a impressão do cartão de crédito na mesma hora do atendimento.

Em fevereiro de 2015 foi inaugurado o Centro Administrativo, com instalações direcionadas ao atendimento para as agências, proporcionando maior rapidez e segurança nas transações operacionais de retaguarda. Além da área de serviços, o Centro Administrativo conta com salas de treinamentos e de reuniões tanto para os colaboradores como para o quadro de associados. Em 2016, o Sicoob Meridional concretizou um dos seus maiores projetos: disponibilizar seus produtos e serviços diferenciados para as comunidades do estado do Rio Grande do Sul. Após a autorização do Banco Central do Brasil iniciou suas atividades nas cidades de Caxias do Sul e Bento Gonçalves com a inauguração da sua décima terceira e décima quarta agência, respectivamente.

Em 2018, O Sicoob Meridional deu continuidade a expansão no estado do Rio Grande do Sul, inaugurando mais 5 agencias, sendo: duas em Caxias do Sul, uma em Bento Gonçalves, Lajeado e Estrela. 

Em 2019, com 21 agências e 42 mil cooperados a Cooperativa ultrapassou a marca histórica de R$ 1 bilhão (um bilhão de reais) em volume administrado e obteve a autorização do Banco Central do Brasil para ampliar sua área de atuação para o estado de São Paulo, e inaugurou no mês de julho as suas primeiras agencias, nas cidades de Osasco e Barueri (Alphaville)

O ano de 2021 foi de muitas realizações para o Sicoob Meridional, onde expandiu sua área de atuação no estado do Paraná em dois municípios: Ouro Verde do Oeste e São Pedro do Iguaçu e inaugurou mais 3 agencias no estado de São Paulo, em Santana de Parnaíba, Barueri e Vila Yara-Osasco. Além de reinaugurar a agência da cidade de Guaíra e em Toledo, no bairro Coopagro. 

Atualmente o Sicoob Meridional possui mais de 60 mil cooperados e mais de 1 Bilhão de reais em volume administrado, para isto, conta com uma equipe de 266 colaboradores que prestam aos cooperados e comunidades um relacionamento humanizado, praticando a já adotada excelência no atendimento.

Nosso propósito

Conectar pessoas para promover justiça financeira e prosperidade.

Missão

Promover soluções e experiências inovadoras e sustentáveis por meio de cooperação.

Visão

Ser referência em cooperativismo, promovendo o desenvolvimento econômico e social das pessoas e comunidade.

Valores

Respeito e Valorização das Pessoas
Cooperativismo e Sustentabilidade 
Ética e Integridade
Excelência e Eficiência
Liderança Responsável
Inovação e Simplicidade


 

Sicoob Meridional - 4351
Unidade Administrativa
Av. José João Murato, 1587 - Toledo - PR
(45) 3125-7000


 

Responsabilidade Socioambiental

O Sicoob Meridional desempenha um papel social muito importante ao apoiar diversos projetos desenvolvidos nas cidades em que possui agências e em parceria com o Sicoob Instituto. Os princípios e diretrizes que norteiam as ações socioambientais do Sicoob na comunidade e nos negócios visa contribuir para a concretização do cooperativismo com o desenvolvimento sustentável.

Os princípios que norteiam esta Política estão alinhados ao 7º princípio do cooperativismo – Interesse pela comunidade: as cooperativas trabalham de forma ética, engajadas na cultura de dono do negócio, buscando o desenvolvimento local e a inclusão financeira na democratização do acesso a produtos e serviços financeiros.

Segundo a Política Institucional de Responsabilidade Socioambiental do Sicoob Unicoob, o pilar Social identifica as questões sociais em público internos e externos que afetam sua atividade e a comunidade para elaboração de projetos e ações que minimizem seus impactos, contribuindo para o desenvolvimento social. Neste sentido compromete-se a:


•    Evoluir, progressivamente, na implementação das diretrizes de Responsabilidade Socioambiental.
•    Participar de discussões de assuntos relacionados a Responsabilidade Socioambiental;
•    Interagir com a área responsável pelo gerenciamento do risco socioambiental do Sicoob, localizada no Sicoob Confederação;
•    Incorporar, continuamente, os princípios de Responsabilidade Socioambiental aos processos de gestão;
•    Estimular o uso consciente dos serviços financeiros.


 

Sistema de Informações ao Crédito (SCR)

 

O que é Sistema de Informações de Crédito do Banco Central (SCR)?

O Sistema de Informações de Crédito do Banco Central (SCR) é um banco de dados sobre as operações e títulos com características de crédito e suas respectivas garantias contratados por pessoas físicas e jurídicas em instituições financeiras de todo o País. Quem pode consultar as informações? As informações do SCR podem ser consultadas pelo Banco Central do Brasil, pelas instituições financeiras que fazem parte do Sistema Financeiro Nacional (desde que com autorização específica dos clientes) e pelos próprios clientes.

Para que servem os dados disponíveis no sistema?

Os dados disponíveis no SCR servem para que o cliente acompanhe todas as informações a respeito das suas operações de crédito perante todas as instituições financeiras, inclusive a cooperativa de crédito à qual estiver associado. As instituições financeiras, por sua vez, têm como avaliar a capacidade de pagamento dos clientes, por meio dos dados do Sistema de Informações de Crédito do Banco Central. Assim, elas podem cobrar taxas de juros mais baixas nas operações que oferecem risco menor. As informações precisas e sistemáticas sobre as operações de crédito contratadas pelas instituições financeiras também servem para subsidiar o Banco Central do Brasil na tarefa de proteger os recursos depositados pelos cidadãos nas instituições financeiras. Quais informações constam no sistema? No Sistema de Informações de Crédito constam registrados detalhes de operações a partir de R$ 5 mil, como prazo de vencimento das parcelas, origem dos recursos, modalidade, variação cambial e garantia, entre outros. Todos os clientes são informados ao SCR? Não, as instituições financeiras são obrigadas a identificar apenas os clientes com responsabilidade total igual ou superior a R$ 5 mil, inadimplentes ou não.

A quem posso recorrer quando eu verificar inexatidão de dados a meu respeito?

Em primeiro lugar, você deve solicitar a retificação na instituição responsável pela informação. Caso não haja entendimento entre as partes, você pode registrar uma reclamação na Central de Atendimento ao Público do Banco Central. Em última instância, a instituição financeira responsável pelo lançamento considerado inexato pode ser questionada na esfera judicial.