Assessoria de Imprensa Nacional do Sicoob

Fone: (61) 3217-5793

E-mail: jornalismo@sicoob.com.br

 

Karina Dorlitz

Fone: (11) 3846-5787 • r 83 / (11) 97662-5502 

E-mail: sicoob.imprensa@approach.com.br

 

* Obs.: Os contatos acima são para uso exclusivo de veículos de comunicação (jornais, portais online, revistas, canais de TV etc) que queiram entrar em contato com o Sicoob. Para outras solicitações, entre em contato por meio de um dos nossos canais de atendimento.

Assessoria de Imprensa Regional do Sicoob ES

 

Vera Caser Comunicação

Fone: (27) 3345-0082 / (27) 99873-8756 

E-mail: contato@veracomunicacao.com.br

 

Releases

null Sicoob libera mais de R$ 33 bilhões de crédito a micro e pequenos empreendedores somente em 2021

O último trimestre, com mais de R$ 10 bilhões liberados, representa a confiança dos MPEs em uma melhora econômica

Como um dos principais players do sistema financeiro a apoiar as micro e pequenas empresas, o Sicoob liberou mais de R$ 33 bilhões em crédito especificamente para este público em 2021. Isso representou um crescimento de 38% em dois anos – em 2019, foram destinados R$ 24 bilhões para este mesmo recorte de cooperados.

A instituição financeira cooperativa recentemente chegou à marca de 6 milhões de cooperados. Aproximadamente 25% deles são PJ. “Nós acreditamos que 2021 foi marcado por uma retomada de esperança, principalmente pelo avanço significativo da vacinação e a decrescente necessidade de regras rígidas de isolamento social”, explica Francisco Reposse Junior, diretor Comercial e de Canais do Sicoob.

Para o executivo, um dos motivos que explica este crescimento na liberação de créditos para MPEs é justamente a atuação do Sicoob, que busca se aproximar e entender as dificuldades do dia a dia deste cooperado. “Hoje, em nossa carteira, eles compõem mais de 90% dos PJ que estão conosco”, afirma.

Ainda segundo ele, o último trimestre normalmente é o “campeão” nas liberações de crédito para este público. Em 2021, um terço do recurso liberado foi neste período. “Em geral, já é um intervalo em que a demanda de crédito aumenta, pois temos o pagamento de 13º e o reforço do estoque, e isso naturalmente faz crescer a demanda por dinheiro”, finaliza.