milhões de cooperados

Dados de abril/2024

 
cooperativas
singulares

Dados de fevereiro/2024

 
municípios
atendidos

Dados de dezembro/2023

 
pontos de
atendimento em
todos os estados
 

Dados de fevereiro/2024

  melhor instituição
financeira
do Brasil*

 

Dados de abril/2024

Única instituição
financeira em
  municípios
 
 

Dados de dezembro/2023

   

Entenda o Sicoob

O Sicoob está organizado em três níveis operacionais que vinculam cooperativas singulares, centrais e o Centro Cooperativo Sicoob - CCS.
  • As cooperativas singulares são as entidades que prestam atendimento direto aos cooperados. Elas têm atuação local e estão presentes em todos os estados e no Distrito Federal; 
  • As cooperativas centrais são as entidades regionais que promovem a integração sistêmica das cooperativas singulares a elas filiadas, coordenando-as e oferecendo-lhes apoio. Hoje, o Sicoob opera com   centrais distribuídas pelo território nacional;
  • O CCS tem por finalidade representar institucionalmente o Sistema e é responsável pelas normas, políticas, condutas, processos, tecnologias, produtos, serviços e marcas de todo o Sistema.
Integram o CCS:
  • Uma confederação;
  • Um banco cooperativo; 
  • Um instituto voltado para o investimento social estratégico;
  • Uma distribuidora de títulos e valores mobiliários;
  • Uma processadora e bandeira de cartões;
  • Uma administradora de consórcios;
  • Uma entidade fechada de previdência complementar;
  • Uma seguradora do ramo vida e previdência.

Propósito e Visão

Propósito

Conectar pessoas para promover justiça financeira e prosperidade.

Visão

Proporcionar a melhor experiência financeira aos nossos cooperados.

 

Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito

Os depósitos em cooperativas financeiras têm a proteção do Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop). Esse fundo garante os depósitos e os créditos mantidos nas cooperativas singulares de crédito e nos bancos cooperativos em caso de intervenção ou liquidação extrajudicial dessas instituições. Atualmente, o valor limite dessa proteção é o mesmo em vigor para os depositantes dos bancos: R$ 250 mil por CPF ou CNPJ.