Assessoria de Imprensa Nacional do Sicoob

Fone: (61) 3217-5793

E-mail: jornalismo@sicoob.com.br

 

Karina Dorlitz

Fone: (11) 3846-5787 • r 83 / (11) 97662-5502 

E-mail: sicoob.imprensa@approach.com.br

 

Cintia Beck

Fone: (11) 96329-3499 - (11) 3846-5787 • r 85 

E-mail: cintia.beck@approach.com.br

 

* Obs.: Os contatos acima são para uso exclusivo de veículos de comunicação (jornais, portais online, revistas, canais de TV etc) que queiram entrar em contato com o Sicoob. Para outras solicitações, entre em contato por meio de um dos nossos canais de atendimento.

Releases

null Em uma semana, Sicoob atinge o teto do Pronampe com pedidos de cooperados

Sistema já liberou mais de R$ 1,3 bilhão pelo programa, que tem juros baixíssimos e atraiu atenção dos micro e pequenos empresários associados a cooperativas de todo o País

De segunda (13) a sábado (18), o Sicoob recebeu R$ 1,3 bilhão em pedidos de empréstimos por meio do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte). O valor representa o teto da oferta do Sistema permitida pelo Fundo Garantidor de Operações (FGO) nesta 1ª fase do programa, já considerando o limite adicional obtido pelo Sicoob.

Segundo o diretor Comercial e de Canais do Centro Cooperativo Sicoob, Francisco Reposse Júnior, o Sistema requererá um valor substancial também na segunda fase do Programa, tão logo a elevação do limite global do FGO for aprovada pelo Governo, e assim poder atender a todos os cooperados que necessitam da linha de crédito neste momento.

De acordo com o superintendente de Negócios e Desenvolvimento do Sicoob, Luciano Ribeiro, a linha, que tem prazo de 36 meses, sendo 8 (oito) de carência, e juros à taxa Selic acrescida de 1,25% ao ano, é muito benéfica para micro e pequenos empresários de todo o País. “A taxa de juros é baixíssima e o prazo de reembolso é bastante confortável”, explica.

O Pronampe foi criado para que pequenos negócios possam contar com capital de giro durante a pandemia. Antes do programa, o Sicoob já se destacava como um incentivador deste público na crise: proporcionalmente à procura, o Sistema foi o segundo player financeiro nacional em que os empresários mais conseguiram crédito durante a pandemia, de acordo com a quinta edição da pesquisa “O impacto da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios”, pesquisa liderada pelo Sebrae.

Para Francisco Reposse, tanto o Pronampe quanto as demais linhas de crédito oferecidas pelo Sistema, com taxas justas, estão em linha com o propósito de promover a justiça financeira no País por meio do cooperativismo. 

Podem acessar o Pronampe empresas com Receita Bruta Anual de até R$ 4,8 milhões/ano, conforme informado pela Receita Federal do Brasil. O programa conta com a garantia do Fundo Garantidor de Operações (FGO), que cobre até 85% de eventuais inadimplências, e os cooperados interessados podem requerer os recursos por telefone, site, aplicativo ou presencialmente na cooperativa da qual forem associados. 

Por Approach Comunicação