Releases Releases

Voltar

Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito: Por que fazer parte de uma cooperativa de crédito?

O sistema cooperativista de crédito existe no Brasil desde 1902, e é formado por 988 cooperativas singulares e 5.211 pontos de atendimento. Porém, mesmo com sua amplitude, ainda é desconhecido de uma grande parcela da população. Nos Estados Unidos, 30% da população é cooperada e na Alemanha, 22%. Já por aqui, somente 4% dos brasileiros movimentam seus recursos em uma cooperativa, que funciona como um banco, mas tem um jeito diferente de gerar resultados, tanto econômicos quanto sociais.

Apontamos algumas características e vantagens deste sistema para celebrar o Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito em 18 de outubro.

  • Uma cooperativa de crédito presta serviços financeiros aos seus cooperados. Como um banco, possui opções de investimentos, seguros, cartões, conta corrente, consórcio, previdência, poupança etc.
  • Os cooperados não são meros clientes como nos bancos. Ao mesmo tempo que são usuários, também são donos, com direito a participação nas assembleias para tomada de decisões sobre os rumos da cooperativa. Por meio do aplicativo Sicoob Faça Parte, é possível se associar a cooperativa do Sicoob mais próxima apenas usando um smartphone.
  • Para abrir uma conta, basta fazer um depósito inicial de, em média, R$ 50, que funciona como uma aplicação. Esta cota varia de cooperativa para cooperativa, e é devolvida com juros se a pessoa quiser encerrar a conta e sair da instituição.
  • As taxas e tarifas são reduzidas porque a cooperativa não tem a finalidade de lucro. Por exemplo, enquanto a média praticada no cheque especial foi de 12,32% ao mês, nas cooperativas do Sicoob, foi de 6,45% ao mês em setembro/18.
  • Se a cooperativa apurar lucro de aplicações ou investimentos realizados, este valor é devolvido aos cooperados na mesma proporção do uso dos serviços e produtos.
  • O cooperado também recebe anualmente a remuneração de juros ao Capital Social, que representa a soma de todas as cotas-partes dos cooperados e forma o patrimônio da cooperativa.
  • Todos os recursos dos cooperados na cooperativa no valor de até R$250 mil são protegidos pelo Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop), que permite recuperar os depósitos ou créditos em caso de intervenção ou liquidação extrajudicial.  
  • O Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC), caso fosse considerado um grupo financeiro, representaria a 6ª maior instituição financeira do país. As cooperativas financeiras estão presentes em 95% dos municípios brasileiros, sendo que em 627 deles a cooperativa é a ÚNICA forma de inclusão financeira disponível na região. Em 252 municípios do País, o Sicoob é única instituição financeira da cidade.

 

 

 

 

Informações à imprensa SICOOB

Approach - (11) 3846–5787

Lane Lima – lane.lima@approach.com.br – (11) 98228-6720

Cintia Beck - cintia.beck@approach.com.br – (11) 96329-3499